Fortune Gems

Fortune Gems - venda positiva para acionistas faz ação saltar 14,86%, enquanto analistas veem oportunidade perdida para Totvs (TOTS3)

Empresa assinou acordo para venda da companhia à porto-riquenha Evertec em negócio de cerca de R$ 2,4 bilhões

Felipe Moreira

(Divulgação/Sinqia)

Publicidade

A empresa de tecnologia Sinqia (SQIA3) assinou acordo para venda da companhia à porto-riquenha Evertec em negócio de cerca de R$ 2,4 bilhões, anunciado na última quinta-feira (20).

Em uma troca de ações Classe A e B, a Evertec está oferecendo R$ 27,19 por ação pela Sinqia, um prêmio de aproximadamente 17% sobre o preço de fechamento da véspera de R$ 23,29. Assim, as ações SQIA3 registraram na sessão desta sexta (21), salto de 14,86%, a R$ 26,75. Na Bolsa americana, onde a Evertec está listada, os ativos chegaram a subir 9% no pré-market durante a manhã, chegaram a desacelerar os ganhos, mas fecharam em alta de 4,47%, a US$ 41,37.

A Evertec, cabe ressaltar, foi fundada em 1998 e começou como parte do Banco Popular de Porto Rico (BPOP). Em 2004, tornou-se subsidiária da BPOP e, em 2005, iniciou sua expansão via América Central e Caribe. Em 2013, abriu o capital na Nyse sob o código EVTC.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“A companhia manteve seu crescimento orgânico e inorgânico, e sua última aquisição foi em fevereiro, a paySmart, empresa brasileira de Porto Alegre que oferece serviços de processamento de emissores e outras soluções. A EVTC tem um valor de mercado de US$ 2,6 bilhões e uma receita líquida nos últimos doze meses de US$ 601 milhões”, aponta o BTG Pactual.

A transação entre Sinqia e Evertec ainda terá que ser aprovada em assembleia geral de acionistas da brasileira.

Segundo o BTG, o preço oferecido avalia a Sinqia em um múltiplo de 15 vezes Valor da Firma / Ebitda e 40 vezes Preço / Lucro para 2023.

Continua depois da publicidade

A equipe de research do BTG destacou em relatório antes da abertura do mercado que esperava que o preço da ação da Sinqia negociasse próximo ao preço oferecido pela Evertec. Se negociar com desconto em relação ao preço proposto, o banco recomenda compra já que a oferta é ajustada pela Selic.

Para o BTG, a possibilidade da transação ser aprovada é muito alta, pois conta com o apoio de pelo menos 40% da base acionária da Sinqia (HIX, Tarpon e os fundadores), e só precisa ser aprovado por maioria simples (50% + 1) na assembleia de acionistas.

Com relação ao prazo, segundo estimativas do BTG, o fechamento do negócio deve levar cerca de 75 dias. “A Sinqia assinou um acordo de exclusividade com a Evertec, que em caso de descumprimento por parte da Sinqia acarretará multa de 5% do valor da transação”, acrescenta.

O BTG ainda destaca que o anúncio é negativo para ações da Totvs (TOTS3), uma vez a empresa pretende realizar o IPO da Dimensa em algum momento, e que um atalho poderia ser a fusão com Sinqia (já um ativo listado).

“A Dimensa registrou receita de R$ 206 milhões em 2022, não tem tamanho para IPO, e a fusão com a Sinqia faria muito sentido do ponto de vista comercial e para criar um grande e exclusivo software para a vertical financeira no Brasil (especialmente considerando que o preço que a Evertec está pagando não é tão exigente)”, comentam analistas. Dessa forma, eles acreditam que os investidores não vão gostar que a Totvs/Dimensa tenha perdido essa oportunidade.

De acordo com cálculos do Itaú BBA, a venda da Sinqia implica num múltiplo ajustado de preço/lucro (P/E, na sigla em inglês) de 20 vezes, o que coloca Sinqia no mesmo nível da Totvs (TOTS3). No entanto, o cálculo não considera a recente iniciativa de eficiência da Sinqia, que inclui a recente redução significativa de pessoal.

Segundo notícias veiculadas na mídia, aponta o banco, pelo menos 40% dos acionistas já são favoráveis ​​à transação. Nesse sentindo e com base em alguns feedbacks positivos, o BBA acredita que há uma boa chance de o negócio ser aprovado.

O Credit Suisse avalia a transação como positiva, pois implica um prêmio de 17% sobre o preço de fechamento. No entanto, o preço da oferta não compartilha muito de eventuais sinergias com os minoritários.

Na mesma linha que o banco suíço, analistas da Guide consideram o anúncio como positivo. Na visão deles, a expectativa de uma aquisição da companhia sempre esteve no radar do mercado, tanto pelo tamanho, quanto pelo perfil de crescimento inorgânico do setor, como pelos bons indicadores operacionais apresentados.

“Durante algum tempo cogitou-se uma aquisição pela Dimensa, braço voltado para soluções de mercado da Totvs, dada a similaridade de atuação”, pontuam, também destacando a “perda de oportunidade” da companhia também listada em Bolsa.

A equipe de research também destaca que a probabilidade de fechamento da transação é alta, uma vez que a Sinqia possui base acionária pulverizada e 40% desta já demonstrou apoio a oferta. Para conclusão a companhia precisa maioria simples, 50% mais 1, na votação de assembleia de acionistas que ainda será marcada.

A Guide espera que hoje a ação se valorize a um preço bem próximo a proposta, uma vez que a aprovação desta deverá ser precificada pelo mercado como bem provável.

O Itaú BBA mantém avaliação outperform (desempenho acima da média do mercado, equivalente à compra) e preço-alvo de R$ 24. O BTG reitera recomendação de compra e preço-alvo de R$ 25.

Fortune Gems Mapa do site