Fortune Gems

Conteúdo editorial apoiado por

Fortune Gems - nas bolsas globais, há ETFs para todos os gostos – mas eles de fato rendem?

Fundos temáticos oferecem a chance de apostar em um movimento específico do mercado; porém, há que se avaliar viabilidade da tese, não apenas curiosidade

Monique Lima

Publicidade

A acessibilidade e opções de investimentos para pessoas físicas nunca foi tão vasta quanto agora. Já pensou em investir nas commodities do café da manhã? E no setor de pet care internacional? Quem sabe na indústria espacial?

São todos setores ao alcance do investidor brasileiro por meio dos fundos de índices (ETFs) listados nas bolsas americanas. Esses ativos – que são negociados como as ações de empresas – podem incorporar uma variedade de teses de investimentos, com uma taxa de administração baixa por ter gestão passiva e preços acessíveis.

“A chegada dos ETFs mudou o mundo dos investimentos. É possível comprar fundos muito específicos com bastante facilidade”, diz Gabriela Joubert, estrategista-chefe do Inter. “Brinco que, se buscar uma tese sobre leite de cabra no norte da Polônia, irá encontrar. Porque as possibilidades são realmente diversas.”

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do Fortune Gems

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Um ETF de cabras polonesas, especificamente, a reportagem não conseguiu encontrar. Mas há outros exemplos peculiares, como o Procure Space ETF, negociado sob o ticker UFO. Embora faça referência à vida extraterrestre, o foco do fundo é a indústria aeroespacial e de defesa global, com investimento em empresas fabricantes de foguetes e satélites.

Para Rodrigo Araújo, estrategista-chefe da área de investimentos da Global X, os ETFs temáticos olham para tendências e setores promissores. “O objetivo é contribuir com um olhar para o futuro. Algumas possibilidades são temas disruptivos de tecnologia, comportamento dos consumidores e mudanças climáticas, por exemplo”, diz.

Leia também: 

Portfólio diverso

Mesmo ETFs que parecem só engraçados, como o Roundhill Meme ETF (MEME), têm um fundamento por trás que visa diversificar a carteira e oferecer retorno com outro tipo de exposição.

O interessante desses fundos é a possibilidade de investir em diferentes teses de investimento”, diz Joubert.

Na descrição do ETF MEME, a administração explica que as ações são selecionadas segundo “a popularidade da mídia social e dos sentimentos do mercado”. É feito um ranking com o número de vezes que uma empresa, ou seu ticker, são mencionados em plataformas de mídia social monitoradas.

Em 13 de agosto, as cinco maiores posições do MEME eram Tilray Brands (farmacêutica de cannabis), Mattel (“Hi, Barbie”), DISH Network Corporation (TV por assinatura), IBM (tecnologia) e Delta Air Lines (passagens aéreas).

Segundo Araújo, os investimentos temáticos podem ser utilizados com estratégias diferentes pelos investidores, desde um posicionamento tático para uma exposição de curto prazo até uma estratégia de longo prazo que perdurará anos.

“Por apresentar uma característica de crescimento, sem restrições geográficas e baixa correlação com índices mais tradicionais, a estratégia temática se posiciona dentro de uma carteira como fonte adicional de retorno e redução de risco”, diz o estrategista.

No caso de fundos que investem em um único setor, o ETF pode focar em outras formas de diversificação, como geográfica e/ou industrial.

OETF Invesco S&P Global Water Index ETF (CGW), por exemplo, investe em água. Seu portfólio tem empresas que produzem e distribuem água de forma pública, outras que fornecem equipamento de tubulação, outras ainda que comercializam. A exposição geográfica passa por EUA, Reino Unido, Suíça, Canadá, Brasil e outros.

Leia também: 

Nichado demais

Ao buscar ETFs temáticos, entretanto, é necessário cautela, pois nem toda tese autêntica se converte em um fundo plausível.

ODirexion Breakfast Commodities Strategy ETF (BRKY) surgiu em junho de 2022 com a premissa de investir em commodities que fazem parte do café da manhã tradicional dos americanos. Compunham a carteira futuros de milho, trigo, café, açúcar, suco de laranja concentrado e carne de porco (para o bacon, claro).

A administradora Direxion alegou que essas commodities estavam se valorizando com o reflexo das pressões de cadeia de suprimentos, tensões geopolíticas e questões relacionadas ao clima. Porém, a alta de 2022 se reverteu em queda em 2023, e o ETF foi cancelado.

Joubert afirma que este é um dos principais riscos em relação aos ETFs temáticos. “É importante olhar para o volume de negociações, a liquidez dos fundos e a viabilidade da tese. Como as ações, os ETFs funcionam de acordo com a oferta e demanda, então o apetite pelo papel é crucial”, diz.

O ETF BRKY quando estreou tinha um volume de negociações diário na faixa de US$ 20 mil, que caiu a US$ 1 mil próximo do encerramento. Um ETF popular, mas nem tanto, com um tema específico, consegue chegar a um volume diário médio de US$ 100 mil, caso do Global X E-commerce ETF (EBIZ) ou o VanEck Low Carbon Energy ETF(SMOG).

Um fundo popular mesmo, com boa liquidez, passa dos milhões de dólares nas negociações diárias. Mas aí estamos falando de ETFs que replicam o S&P 500, como o Vanguard 500 Index Fund (VOO), ou que investem em Treasuries, como o iShares 20+ Year Treasury Bond ETF (TLT).

Araújo destaca que é fundamental analisar os fundos com um olhar para o longo prazo.

O ETF tem que ter um tema disruptivo, com tendência de crescimento no longo prazo. Além disso, é importante analisar se as empresas investidas têm realmente potencial para se beneficiar do tema central no futuro”, diz.

Leia também: 

Veja dez ETFs temáticos, listados nos EUA, para diversificar a carteira de olho no longo prazo:

TickerNome do ETFTemaPreço* (US$)
HYDRGlobal X Hydrogen ETFIndústria de hidrogênio8,55
PAWZProShares Pet Care ETFMercado Pet50,39
ESPOVanEck Video Gaming and eSports ETFVideo Games52,62
MILNGlobal X Millennials Consumer ETFConsumo dos Millennials31,11
UFOProcure Space ETFIndústria aeroespacial18,34
CGWInvesco S&P Global Water Index ETFIndústria da água49,30
SKYYFirst Trust Cloud Computing ETFComputação em nuvem75,33
FDRVFidelity Electric Vehicles and Future Transportation ETFVeículos elétricos17,93
TANInvesco Solar ETFEnergia solar57,27
SHESPDR MSCI USA Gender Diversity ETFDiversidade87,19

*Data base: 17/08/2023

Fonte: Google Finance

Newsletter

Quer aprender a investir – e lucrar – no exterior?

Inscreva-se na newsletter do Fortune Gems para receber informações sobre tributação, procedimentos de envio e sugestões de alocação para seu dinheiro lá fora. É de graça!

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Fortune Gems Mapa do site